Testei: Hidratante Iluminador Amora e Amêndoas – Natura

Hoje eu vim falar sobre um produto muito legal, o hidratante iluminador Amora e Amêndoas, da linha Tododia da Natura.

Comprei esse produto depois que uma amiga minha apareceu usando e disse que estava se sentindo a globeleza, de tanto brilho. Então, como fazia um tempo que eu não investia em nenhum produto para pele decidi experimentar.

Escolhi a versão para o corpo todo, com 400 ml e se não me engano paguei R$29,80.

O creme tem uma consistência boa e é bem fácil de espalhar. Diferentemente de outros hidratantes iluminadores que eu já comprei, esse da Natura não tem textura granulosa. As partículas de brilho são bem pequenas fazendo com que seja muito fácil espalhá-lo pela pele.

Tentei fotografar o brilho de todas as formas, mas não fiquei realmente satisfeita com nenhuma. Ele ainda aparece um pouco mais do que em todas as fotos que eu coloquei aqui, mas é discreto o suficiente para usar no dia a dia.

O cheiro é um caso de amor à parte. Ele é bem docinho, uma delícia, realmente da vontade de comer! Uma coisa que eu percebi é que tanto a hidratação quanto os brilhos duraram um bom tempo na minha pele. Os brilhos só saíram totalmente depois de um bom banho, o que eu também considerei um ponto muito positivo para o produto.

Em geral posso dizer que ele está aprovado. Se você está procurando um hidratante que te deixe com um quê mais luminoso, essa é uma ótima opção.

Para quem se interessou, é possível comprá-lo no site da natura, através da revista digital, ou diretamente com alguma revendedora.

Anúncios

Testei: Blush True Color – Avon

Hoje eu vim mostrar para vocês um dos meus blushes favoritos para o dia a dia, o Rosa, da Avon.

Eu já uso esse blush a um bom tempo, é o meu queridinho para dar aquele ar de saúde diário.

O blush vem nesse estojinho preto bem resistente, tem um espelho razoavelmente grande na tampa e aquele pincel bem quebra-galho.

Ele é um rosa mais vivo e com alguns microbrilhos bem suaves, nada que deixe você muito brilhosa.

A avon descreve a aparência dele como acetinada, e eu acho que é algo por ai mesmo. Ele é fácil de passar, bem pigmentado e em mim dura o dia inteiro!

Perdoem essa cara de acabada da pessoa, mas é que eu quis mostrar realmente apenas a cor do blush. Passei por cima do pó compacto e esfumei de leve, para não ficar muito artificial. Como eu disse, ele é bem pigmentado e se você passa sem medida fica com cara de festa junina, sabe?

Esqueci de tirar foto do rosto todo, mas aqui nesse post tem foto minha usando esse Blush.

No folheto da Avon deste ciclo o blush custa R$29,00. Acho o preço ok, gosto do produto então acho que vale a pena.

Alguém mais usa o blush da Avon?

Testei: Up Kisses – Dailus

Hoje eu vim mostrar para vocês mais um batom que eu testei da marca Dailus, dessa vez é a cor 100, Up Kisses – antes eu testei um nude bem bonito, aqui.

O que eu posso dizer se não que eu adorei esse batom?! Ele é um lilás com um pouquinho de rosa, mas com o fundo meio azul, uma coisa incrível. Uma cor que eu nunca vi igual!

Olha que coisa linda. O batom é bem cremoso, mas não é nem um pouco difícil de passar, a fixação é muito boa e ao mesmo tempo ele não mancha muito. A cor é esse lilás fofo que vocês podem ver, achei muito diferente, mas ao mesmo tempo totalmente usável, mesmo no dia a dia.

Pesquisando na internet vi que algumas meninas compararam a cor dele ao batom Up the Amp da MAC, como eu não tenho o batom aqui, não vou poder fazer a comparação, mas olhando até que achei bem parecido mesmo.

Algumas pessoas reclamam do cheiro e do gosto dos batons da Dailus, preciso dizer que a mim nenhum dos dois fatores chega a ser um incômodo, acho tudo ok. Além disso, adoro a textura e a fixação de todos os que eu tenho, fazendo com que o investimento sempre valha a pena.

Se não me engano paguei pouco mais de 5 reais nesse batom, nada mal, não é mesmo?

Como eu sempre digo, uma marca que continuamente me agrada produzindo produtinhos bons, bonitos e baratos, super ponto positivo para eles!

Gostaram do Up Kisses?

Testei: Lápis verde escuro – Natura

Hoje eu vim contar para vocês sobre um produto que eu testei esses dias, o lápis kajal para olhos Verde Escuro da Natura.

Há muitos anos o lápis kajal preto da marca é o meu favorito no mercado nacional. Algum tempo atrás decidi comprar outras cores e como não tinha nenhum lápis verde para olhos achei que essa seria uma boa escolha. Contudo acabei deixando o lápis esquecido na gaveta, até ontem quando acabei esbarrando acidentalmente nele e decidi finalmente testá-lo.

Assim como o lápis preto, o verde é muito macio, a textura fica um pouco cremosa e a cor é bem intensa e metálica

Para mostrar melhor a cor eu resolvi usá-lo como delineador. Achei que ficou muito bom, não ficou nada pesado ou muito extravagante. O verde é bem sóbrio e sem muito brilho tornando-se muito usável no dia a dia.

Depois disso testei o produto de outra maneira, como potencializador de sombras. Tenho um duo de sombras verdes da Vult que eu adoro (já fiz um tutorial com ele aqui), mas a pigmentação é meio fraca, então decidi ver o que acontecia com a sombra verde mais escura quando passada por cima do lápis levemente esfumado. Olha só o resultado:

Quanta diferença, não? Eu sei que poderia ter utilizado um lápis preto ou branco ou até mesmo um primer para potencializar a sombra, mas usando um lápis com a mesma tonalidade acho que o resultado fica mais fiel a cor real do produto.

De maneira geral gostei muito do produto e posso garantir que vou usá-lo muito!

OBS: Comprei esse lápis já faz algum tempo e, para resenhá-lo hoje, fui procurar o produto na revista da Natura desse ciclo. Percebi que ele saiu de linha, assim como toda a Natura Diversa. Procurando no catálogo encontrei um lápis verde muito semelhante da linha Aquarela, por R$14,90. Não sei dizer se é exatamente o mesmo produto, mas eu acredito que sim. De qualquer forma achei que essa resenha ainda pudesse ser útil. 

Testei: Batom Nude – Dailus

Hoje eu vim mostrar para vocês o teste que eu fiz de um batom da marca Dailus, a cor é a 96 – Nude.

Eu queria muito um batom dessa cor, mas como eu sou muito branquinha tinha medo de investir em algo da M.A.C ou de alguma marca internacional e acabar detestando, por outro lado, nunca tinha encontrado nada no mercado nacional com essa tonalidade. Então, quando me deparei com o Nude da Dailus, fiz questão de compra-lo!

Ela segue esse tipo de batom nude que deixa a boca bem apagadinha, a cor dele puxa um pouco para o caramelo.

A textura do batom é bem cremosa e a cobertura é boa. Como já disse antes, me surpreendi com a durabilidade e com a pigmentação dos batons da Dailus, principalmente por causa do preço, que em média varia entre 3 e 6 reais.

Com e sem flash

No dia que eu fiz o teste estava com a boca bem rosadinha, o que atrapalhou um pouco, mas apesar disso acho que da para ter uma ideia boa de como é a cor desse batom. Apesar de ter gostado não achei exatamente fácil de usá-lo. Como eu sou muito branquinha achei que a cor me apagou demais, talvez com uma maquiagem mais pesada nos olhos ele fique melhor, mas apenas com rímel achei que fiou muito morto.

De qualquer forma, para quem está atrás de um batom nude bom, bonito e barato, fica aqui a minha indicação.

Testei: Boca Incrível – Natura

Essa semana testei mais um batom, dessa vez o escolhido foi o Boca Incrível, da Natura.

Ele faz parte da linha nova da Faces, que é a linha mais jovem da marca. A embalagem é pequena e colorida, com um espelhinho redondo na tampa. Não acho que o espelho faça diferença, ele é muito pequeno para aplicar qualquer tipo de maquiagem se baseando por ele, mas de qualquer forma, é um toque a mais para a embalagem.

A cor do Boca Incrível é um cor de boca com um quê de coral/salmão. Ele é esse batom para o dia-a-dia, com um fundinho que fica entre o rosa e o laranja. Eu, particularmente, gostei muito da cor, acho que é um tom fácil de combinar com os mais diferentes tons de sombra e é muito usável para o dia-a-dia.

Tenho usado bastante esse batom, já ganhou cadeira cativa na minha necessaire. o único porém é que sua durabilidade não é lá essas coisas. Se não me engano paguei R$7,90 pelo batom, não dá para exigir muita coisa, não é mesmo?!

De qualquer forma, achei uma boa pedida e fiquei curiosa para experimentar outros tons da nova linha da Faces, alguém recomenda algum?

Testei: Girl About Town – M.A.C

Faz tempo que eu não falo de batom, não é mesmo? Então para começar bem o ano resolvi resenhar uma das minhas mais recentes aquisições: o Girl About Town, da M.A.C.

Pedi esse batom para a minha madrinha, da última vez que ela foi para fora do país, aonde de fato vale a pena comprar coisas da M.A.C.

O Girl About Town é um rosa com um quê de roxo, ou um roxo com um quê de rosa, ainda não consegui definir muito bem.

A cobertura do batom é do tipo Amplified e ele é bem cremoso, então é bom passar com pincel, se não o risco de borrar é muito grande.

De cima para baixo: Luz natural, com flash, sem flash.

Eu achei a cor muito, muito parecida com o Grape, da Avon, suspeito que eles são praticamente gêmeos, só que é claro que o Girl About Town é muito mais cremoso, tem uma fixação muuito melhor e além de tudo ele é um tiquinho mais escuro. Ainda vou fazer um post comparando os dois batons.

Bem, nem preciso dizer que adorei né? E já consegui testar durabilidade, ele se saiu muito bem, durou um almoço inteiro sem sair do lugar, aprovadíssimo!

E ai, gostaram do Girl About Town?